Casa participa de forum shakespeare no RJ e recebe Entelechy em Londrina

O grupo teatral da Casa das Fases participa de 20 a 23 de novembro do Forum Shakeaspere no Rio de Janeiro. O encontro é uma iniciativa do People’s Palace Projects com patrocínio do British Council e faz parte das celebrações dos 25 anos do Grupo Nós do Morro e da Casa das Fases.

A Casa das Fases foi criada em 1986 em Londrina pelo diretor João Henrique Bernardi. Atualmente o grupo é formado por 10 atrizes com mais de 60 anos que realizam projetos ligados ao teatro e ao envelhecimento. A Companhia apresentou-se em seis países e diversas cidades do Brasil.

Dentro da programação do Fórum, a Casa das Fases e sua “companhia-irmã” Entelechy Arts, de Londres, participam de um workshop com Cicely Berry, da  Royal Shakespeare Company (RSC), uma das mais prestigiadas companhias teatrais britânicas do mundo. Um dos objetivos do encontro é trabalhar trechos da peça “A Tempestade”.  Os grupos planejam reunir os atores brasileiros e ingleses, que encenarão uma das últimas peças escritas por Shakeaspere.

No dia 23 de novembro, todos se reúnem para uma apresentação e um debate no teatro da Academia Brasileira de Letras, integrando os atores do  Nós do Morro, Casa e Entelechy.

Em seguida, de 24 a 28 de novembro, o grupo Entelechy viaja para Londrina para um intercâmbio  com ensaios, confraternizações e reuniões para definir as etapas da montagem.

Maturidade a servico do teatro

Cia. Casa das Fases exporta método de trabalho com a terceira idade

FABRÍCIO ADDÊO RAMOS, ESPECIAL PARA O ESTADO – O Estado de S.Paulo

O reconhecimento internacional do trabalho com atores da terceira idade leva uma companhia de Londrina, no Paraná, a realizar intercâmbio duradouro com organização do Reino Unido.

Casa das Fases é um núcleo de trabalho da Companhia de Theatro Fase 3 de Londrina. Completando 25 anos agora em novembro, a trupe comemora a maturidade exportando suas metodologias de trabalho. Com destaque para o projeto iniciado em agosto no Brasil e setembro no Reino Unido que será concluído com a montagem de A Tempestade, de Willian Shakespeare, no Brasil e no Reino Unido em 2013.

O intercâmbio inclui a produção de um cabaré virtual realizado simultaneamente nas duas companhias e transmitido pela internet. O projeto conta com a parceria de um dos grupos de teatro mais tradicionais do mundo, como relata o diretor da Casa das Fases, João Henrique Bernardi. “O diretor da Entelechy Arts, David Slater, realizou algumas reuniões com representantes da Royal Shakespeare Company e nosso projeto foi aceito.

leia a matéria na íntegra :

 http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,maturidade-a-servico-do-teatro,777248,0.htm