entrevista com a atriz carmen mattos para a tv filo – setembro de 2013

Anúncios

Casa apresenta Yolanda no FILO e abre sessao extra no domingo

ensaio3 058

A Casa das Fases apresenta no dia 30 e 31 de agosto a peça “Yolanda Calaboca” dentro da programação do Festival Internacional de Londrina – FILO. Devido ao número limitado de pessoas por sessão (20), os ingressos da bilheteria estão esgotados.

No dia 1 de setembro, às 19 horas, a Casa realiza uma sessão extra (fora da programação oficial) para convidados. Os convites são gratuitos e podem ser reservados pelo email: casadasfases@gmail.com, ou pelo telefone 9807.6454.

Yolanda Calaboca tem o patrocínio do Programa Municipal de Incentivo a Cultura de Londrina (PROMIC)

Serviço:

30 e 31 de agosto | 20 horas

1 de setembro | 19 horas (gratuito)

Casa das Fases  (Rua Lindóia, 546 – Jd. San Remo)

Clique AQUI para localizar no mapa.

franceses concluem oficina de marionetes

18-06-2009- espetaculo 227

Além do espetáculo “Le Jeune Prince et la Verité”, o Studio-Théâtre de Stains ministrou três oficinas no FILO 2009. Uma delas, dentro dos projetos socioculturais do FILO: a “Oficina de Marionetes” (foto), que abordou a sensibilização, construção e manipulação dos bonecos com integrantes da Casa das Fases – Ponto de Cultura do Ministério da Cultura em Londrina. Os participantes trabalharam, entre os dias 15 e 17 de junho, com objetos recicláveis que tomaram formas de marionetes.

“Quem faz um poema, abre uma janela”

18-06-2009- espetaculo 749

Com mais de 20 anos de história, premiações e participações em festivais no Brasil e também no exterior, a Cia. de Theatro Fase 3 apresenta hoje (18) na Casa das Fases, às 16h30, o resultado da oficina de montagem coordenada pelo Núcleo de Arte e História com Senhoras e Senhores da Casa das Fases.

Após dois meses de preparação, senhoras com mais de 50 anos, jovens e crianças fizeram um ensaio na semana passada, aberto à imprensa, mostrando o que será apresentado hoje no FILO 2009.

Para representar e interpretar um pouco de suas histórias, as atrizes escolheram poesias de Mário Quintana. Cada cena se passa em um cômodo da casa, que abriga frascos de perfumes vazios, cortinas coloridas, imagens de santos, telefones antigos, terços de crochê. Tudo levado pelas senhoras. Lembranças, memória, história cotidiana.

Costureiras, donas-de-casa e ex-secretárias exploram a poesia de Quintana em consonância com a trajetória de vida de cada uma. O resultado é transformador. “Quando elas chegam aqui, nós fazemos uma entrevista, na qual a história de cada uma é resgatada. Já nessa conversa, a construção da auto-estima e da autoconfiança começa a se desenvolver. Muitas dizem que se sentem muito melhor depois de representar”, relata Fabrício Borges, assistente de direção.

Já foram ministradas mais de 35 oficinas em Londrina e região. Para que o trabalho iniciado nas outras cidades não termine, dois monitores acompanham o grupo. “Um dos objetivos das oficinas é preparar novos atores para a companhia,” diz Fabrício.

A Casa das Fases há 15 anos desenvolve uma parceria com FILO, por meio de oficinas e montagens de espetáculos.

Passado e futuro

Após uma boa repercussão do trabalho realizado na cidade de Colônia, na Alemanha, em 2000, o grupo viaja para a Dinamarca este ano para apresentar o espetáculo “Para Dores Femininas”, que fez parte da programação do FILO 2008. O Transit Festival acontece em agosto e reúne atrizes de todo o mundo. O encontro é promovido pelo grupo Odin Teatret.

Além do espetáculo, as atrizes Carmen Mattos e Jandira Testa, juntamente com o diretor João Henrique Bernardi e o assistente Fabrício Borges, participarão de outras atividades. Eles apresentarão o ensaio de “Igual”, montagem de 20 minutos que conta a vida de duas irmãs gêmeas. Uma delas tem Alzheimer. Enquanto uma representa a lembrança, a outra é o esquecimento.

Fonte: Texto: Assessoria de Imprensa FILO