“Sister companies” meet again in Brazil

Brazilian and British actors meeting at the headquarters of the “Casa das Fases” during a lunch in November 2011.

The “Casa das Fases” – Center for Art and History with ladies -receives 23-30 August the English director of Entelechy Arts, David Slater, for a series of activities between the two theater companies, which has a partnership since 2010. Both groups performed cultural projects related to seniors, and to plan the 2013 presentation of the play “The Tempest” (W. Shakespeare) in London with British and Brazilian actors. The filmmakers Adriana Rouanet (Colibri Global) and Luciano Vidigal, which record the adventure from the beginning between Brazilians and Brits, also accompanied the visit of David Slater in Londrina. They produce the documentary “The Stuff of Time / Tempo tempo Tempestade”.

photo Ella Melo

Anúncios

Projeto A Tempestade

Cineasta Luciano Vidigial visita Londrina para filmar o documentário sobre a Casa das Fases

O cineasta Luciano Vidigal (esq) e João Henrique Bernardi durante a apresentação do Projeto A Tempestade na Academia Brasileira de Letras (Rio de Janeiro - novembro 2011)

    O diretor carioca Luciano Vidigal estará em Londrina de 16 a 18 de março para a filmagem do documentário “The Stuff of Time/Tempo tempo Tempestade”. Trata-se de um registro sobre a Casa das Fases, que completa 25 anos em 2012, e a sua “sister company” Entelechy Arts, de Londres. O documentário tem a direção de Vidigal e Adriana Rouanet e produção da Colibri Global. Luciano acaba de retornar da Inglaterra, onde realizou uma palestra em Oxford sobre o longa “Cinco Vezes Favela” e também das filmagens com o grupo Entelechy, no Sul de Londres.

As companhias Casa das Fases e Entelechy apresentam no dia 3 de abril a performance “A Storm in a Tea a Cup” que integra o projeto A Tempestade – onde os dois grupos encenarão uma das últimas peças de W. Shakespeare.  Será uma perfomance para lançar o Brasil-Reino Unido, numa colaboração entre  atores do Entelechy, em Londres e os atores da Casa das Fases, em Londrina. “Artes digitais e chá dançante num redemoinho de som, textura, cinema, teatro e dança”, assim define o diretor David Slater.

Luciano Vidigal e Adriana Rouanet acompanham toda a movimentação dos dois grupos desde o ano passado e registram a integração das companhias, mas acima de tudo as histórias de vida que se entrelaçam com a montagem da peça. As filmagens de 16 a18 de março acontecem na sede da Casa das Fases, em Londrina, que se prepara para a performance “A Storm in a Tea a Cup”.  Luciano e o câmera Arthur Sherman registrarão os bastidores e entrevistarão algumas das atrizes do grupo.